Chegada Noites    Adultos Crianças

O que visitar no Douro

Douro - Património da Humanidade 

Caracterizado pela sua extraordinária beleza paisagística, pelas suas áreas protegidas, ou ainda pela monumentalidade do seu património, a região do Douro atrai também pela fama dos seus vinhos, o Vinho do Porto, o Vinho do Douro branco e tinto, os espumantes e as aguardentes conjugados pela conhecida gastronomia tradicional, a hospitalidade e os usos e costumes que definem o perfil das suas gentes.

Gastronomia regional e vinhos na terra da boa comida

Do alto das serranias, vem o cabrito, o coelho, a perdiz, e a lebre, tornando esta região um ponto de encontro para quem se dedica à caça. Dos rios e riachos chegam às mesas as trutas pintalgadas.

Terra do bom comer e bom beber, a região pode oferecer a quem chega óptimas sugestões; presunto, bola de carne, caldo de castanhas, sopa de alheiras, trutas com presunto, perdiz na púcara, carne de porco assada com castanhas, bola de bacalhau, bola de presunto, triga-milhas, carnes de porco fumadas.

A doçaria é também distinta e variada, o pão de ló, a chila no forno, as celestes, as rosquilhas e os bolinhos de amor, entre muitos outros

Falar do destino Douro é necessariamente falar do Rio Douro, das suas vinhas em socalco, das Quintas onde se produz o tão famoso vinho do Porto e das seculares Romarias que se realizam por toda a região.

Quintas e solares do Douro

A paisagem do Douro é toda ela de enorme atractivo. Das cercanias serranas às margens do Rio, da beleza da giesta selvagem aos socalcos da videira domesticada, passando pelas amendoeiras e cerejeiras em flôr, desdobra-se esta paisagem singular, em miríades de tons e colorações, consoante a época do ano e o local escolhido.

Por todo o lado os solares, e as quintas, e testemunhos de povos errantes, de culturas diversas marcam de forma indelével a paisagem. É exemplo o vale do Côa, que encerra em si o maior e mais belo parque de arte rupestre do mundo, também considerado património da Humanidade pela UNESCO.

A herança medieval é também intensa e profunda. Castelos como o de Numão, Marialva e Freixo de Espada à Cinta recordam a cada instante, a importância estratégica que o Douro sempre assumiu na história.

A terra do vinho do Porto

O Pinhão é considerado geograficamente, o centro do Vale do Douro, onde muitas das quintas produtoras de Vinho do Porto e do Douro, se encontram. O Vale é espectacular e bonito, com as colinas a descerem abruptamente até às margens do rio e, quanto mais para o interior, mais calmas e silenciosas, onde a presença humana se resume aos socalcos de vinha dispostos ao longo das margens e alguns olivais.

Esta é a terra do Vinho do Porto, a primeira região demarcada de vinho do mundo, estabelecida em 1756. Venha conhecê-la.